Quem e como liderar

Seja um bom Líder

Delegue, Não Mande

Muitos dos líderes são bons em dar ordens, mas não em delegar.
No treinamento e desenvolvimento de líderes esta é uma questão fundamental.

Eles são ótimos em se livrar das coisas que eles não gostam de fazer e dar as atribuições aos seus membros da equipe com pouca ou nenhuma orientação.

Outros líderes pensam que a delegação é sempre a melhor maneira de atribuir o trabalho.
Isso também não é certo.

Quando você tem um membro da equipe competente e disposto, a delegação é o caminho certo a seguir.
Mas não é uma boa opção para os trabalhadores que não são tão competentes ou tão comprometidos.

A delegação é apenas uma dentre as quatro opções básicas para escolher quando você atribui o trabalho a um membro da equipe.

Aqui estão elas, na ordem, conforme você exercerá o maior controle da delegação, onde você se exercita menos:

“Dizer”

É o estilo onde você toma todas as decisões básicas sobre como o trabalho será feito.
Existem duas situações onde é a escolha certa.

Dizer é bom para pessoas que podem ser novas para o trabalho.
Elas costumam ter muita força de vontade, mas não sabem como fazer o trabalho ainda.
O coaching deve ser uma grande parte do seu “dizer”, para que seus novos membros da equipe se empenhem e fiquem entusiasmados.

Use “Dizer” com membros da equipe que já provaram que eles podem ter a competência, mas eles não têm a auto-responsabilidade pelo trabalho.
Para aqueles com problemas de disciplina, o controle rígido é apropriado.

“Discutir e Dizer” 

É o nome que dou para o estilo onde se discutem as coisas com o membro da equipe, mas você mantém o controle da maioria das decisões sobre como as coisas serão feitas. Isso é bom para as pessoas menos experientes que precisam de instrução ou que precisam de obter a confiança.

Discutir e Dizer é o estilo que a maioria dos gestores parecem mais gostar e retrocedem para ela sob pressão. Eles acham que isso lhes permite ser tanto “participativo” e no controle.
Mas usar “discutir e dizer” apenas, é uma má ideia, especialmente quando você está ajudando um membro da equipe a crescer e a se desenvolver.

Em algum ponto, o membro da equipe irá demonstrar que ele ou ela entende o trabalho que precisa ser feito.
Essa é a hora de usar o estilo que chamo de “Discutir e Permitir”.

“Discutir e Permitir”

Com esse estilo você discute o trabalho com o membro da equipe, e então deixe-os decidir o que fazer.

“Discutir e Permitir” é a pior opção para a maioria dos gerentes, porque envolve abrir mão do controle antes que elas estejam realmente certo de quão competente um membro da equipe é.
Mas é essencial, se o seu membro da equipe está desenvolvendo até o ponto onde você pode delegar a ele ou ela.

A maioria dos líderes com quem trabalhei querem ficar com o controle por muito tempo.
Se esse membro da equipe está pedindo você para deixá-lo tentar as coisas à sua maneira, eu sugiro que você faça isso.
Acompanhe mais de perto se for preciso, mas o grande salto de aprendizagem para a maioria das pessoas vem quando começam a experimentar as coisas por conta própria.

Alguns líderes caiem do outro lado do cavalo.
Eles querem pular por cima esta etapa e simplesmente atribuem o trabalho.
Não faça isso.

Parte do seu trabalho como líder é desenvolver o seu pessoal para que ele possa fazer o que você atribuir.
Isso não vai acontecer de uma só vez.

Para se certificar de que eles se desenvolve bem, você tem que passar por “Discutir e Permitir” antes de se mudar para o estilo que chamo de “Permitir” ou “Delegar”.

“Permitir” ou “Delegar”

Quando você delega, você dá ao seu membro de equipe a tarefa e pergunta o que ele precisa de você.
Esta é a verdadeira delegação.
É adequado apenas para pessoas que têm dominado o trabalho a ser feito e que voluntariamente o fazem de bom grado. Isso é apenas apropriado se eles têm todos os recursos de que necessitam para fazer o trabalho.

Ao trabalhar com novas pessoas para o trabalho, você vai percorrer os quatro estilos à medida que elas crescem e se desenvolvem.

Lembre-se que você usa estilos diferentes, com pessoas diferentes e com as mesmas pessoas em diferentes tarefas.
Você faz a sua decisão sobre o estilo a ser usado com base na capacidade do seu membro de equipe e na vontade de lidar com o trabalho específico que você precisa atribuir.

Resumo
Parte do seu trabalho é ajudar os membros de sua equipe a se desenvolverem.
Isso só vai acontecer se você lhes dá tanto controle sobre sua vida profissional, quanto você pode, com base na capacidade deles de fazer o trabalho e na vontade deles em encarar os desafios por conta própria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

© Copyright © Kuriakos Negócios - Todos os direitos reservados - Proibida a cópia ...

Kuriakos Negócios 2018