O Poder da Competência

COMO CONTRUIR E DESENVOLVER  O PODER DA COMPETÊNCIA / PERITO

1- GANHAR PERÍCIA
Algo que leva o seu tempo.
Ter o hábito de obter informação atualizada e pertinente para as funções que desempenhas, ajuda muito.

Mas não basta ser um perito, é necessário que os membros de tua equipa:
    – Reconheçam os seus conhecimentos
   
– Reconheçam-no vejam como uma fonte credível de informação e aconselhamento.

2- PROMOVER uma IMAGEM de PERITO
Um líder deve (subtilmente) certifique-se que os subordinados, paralelos e superiores estão cientes de sua:
   
– Educação formal
   
– Experiência profissional relevante
   
– Realizações significativas.

TÁTICAS para PROMOVER a IMAGEM
– EXPOR (literalmente) a INFORMAÇÃO:
Diplomas, Certificados, Prémios, Outras provas de perícia em destaque no escritório.
Se trabalhou arduamente para adquirir o conhecimento, é justo que obter o devido crédito por isso.

– FAZER REFERÊNCIAS SUBTIS sobre a Educação ou Experiência Prévia
EXE – “Quando eu era chefe de equipa no serviço X, nós tivemos um problema semelhante a este”)
Cuidado, porém, esta táctica pode facilmente ser exagerada.

3- MANTER a CREDIBILIDADE
A imagem de perito deve ser cuidadosamente protegida.

O líder deve evitar:
– Fazer comentários descuidados sobre assuntos sobre os quais esteja mal informado
– Ser associado a projetos com uma baixa probabilidade de sucesso.

4- AGIR com CONFIANÇA e DETERMINAÇÃO numa CRISE
Numa situação de crise ou de emergência, os subordinados preferem:
Um líder que “tome conta” e que pareça saber como dirigir o grupo a lidar com o problema.

Porque tendem a associar uma liderança firme e confiante com conhecimento especializado.
Mesmo que o líder não tenha a certeza da melhor forma de lidar com uma crise, se expressar dúvidas ou parecer confuso arrisca-se a perder influência sobre os subordinados.

5- MANTENHA-SE INFORMADO
O poder de um perito é exercido através de uma persuasão racional e demonstração de perícia.
A persuasão racional depende de um firme conhecimento de factos atualizados.
Portanto, é essencial para um líder que se mantenha bem informado sobre qualquer evolução dentro da equipa, dentro da organização, e no mundo exterior.

6- RECONHECER as PREOCUPAÇÕES dos SUBORDINADOS
Utilizar uma persuasão racional não deve ser visto como uma forma de comunicação unidirecional do líder para os subordinados.
Os líderes eficazes ouvem atentamente as preocupações e incertezas dos membros da sua equipa, e certificam-se que abordam essas preocupações quando fazem um apelo persuasivo.

7- EVITA AMEAÇAR a AUTOESTIMA dos LIDERADOS
O poder dos peritos é baseado num diferencial de conhecimento entre o líder e os membros da equipa.
Mas a própria existência de tal diferencial pode causar problemas se o líder não é cuidadoso com a forma como ele exerce o seu poder como perito.

Os membros da equipa podem não gostar de comparações desfavoráveis onde a diferença é muito grande e óbvia.
Eles são susceptíveis a ficar perturbados por um líder que ostenta com superioridade e arrogância a sua “superior perícia”.

No processo de apresentação de argumentos racionais, alguns líderes dirigem-se aos membros da sua equipa de forma condescendente e transmitem a impressão de que outros membros da equipa são “ignorantes”.

É fundamental que tal nunca ocorra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

© Copyright © Kuriakos Negócios - Todos os direitos reservados - Proibida a cópia ...

Kuriakos Negócios 2018