Os 10 Erros de Liderança Mais Comuns

Liderança

É comum dizer-se “aprende-se com os erros” “errar é uma oportunidade para aprender a fazer bem”.
No entanto, é muito melhor aprender sem cometer erros.

Hoje, você pode aprender sobre esses erros, para evitar muitos problemas.

1- A Falta de Feedback

Deixar de fornecer feedback é o erro mais comum que os líderes cometem.
Não dar um feedback ao seu pessoal, é estar a privá-los da oportunidade para melhorar o desempenho.

Para evitar este erro, aprenda a dar feedback regularmente ao seu team.

O feedback é uma forma de comunicação que pode ser feita por:
– Uma resposta escrita ou falada
– Um elogio
– Uma análise
– Ou até mesmo uma opinião direta à pessoa.

O feedback é uma atitude:
– Respeito e consideração pela outra pessoa
– Elimina as duvidas e ansiedades existentes
– Orienta e instruiu o aprendizado, o liderado.

O feedback é como uma BÚSSOLA, e a sua falta pode deixar a pessoa ou todo o Team sem orientação.

Conclusão
Considere que toda informação que é recebida pelos chefes, colegas, subordinados, amigos, clientes e etc., porque o podem orientar na correção da rota.
Quando bem feito e bem recebido, irá se tornar uma fonte de energia e gerar ótimos resultados.

# O feedback serve para aperfeiçoar o comportamento de alguém em relação ás pessoas e ao grupo.

Um feedback honesto pode machucar, mas os grandes líderes sabem como transformar essa dor de tal forma que as pessoas acabam agradecendo, e pedindo mais!

Pessoas talentosas (aquelas que querem aprender) preferem,
“levar uma chapada na cara com a verdade do que serem beijadas na face com uma mentira”

# Desenvolva a capacidade de falar a verdade doa a quem doer e terá um melhor desempenho.

2- Não ter tempo para o seu team

Quando se é um gerente ou líder, é fácil ficar tão envolvido com sua própria carga de trabalho de forma que já não se mostra disponível para a sua equipe.

Lembre-se ”O seu pessoal deve vir em primeiro lugar.”

Se o líder não estiver disponível quando o Team precisa, eles não vão:
– Saber o que fazer
– Não terão o apoio e a orientação que eles precisam para alcançar os objetivos.

# Reserve tempo para o seu Team
Para estar com eles e os escutar

# Desenvolva sua Inteligência Emocional
Para estar mais consciente das necessidades do seu Team.

Tenha um tempo regular com o seu Team e não somente “a porta está sempre aberta”.
Não dedicar tempo suficiente para criar laços com as pessoas é um erro de liderança.

Um líder que não está humanamente interessado nas pessoas já começa com o pé errado.

Um líder até pode estar interessado nos outros, mas que não dedica tempo para criar laços com elas, tende a não ter sucesso em suas relações – seja com empregados, colegas, clientes ou fornecedores, etc…

# Um laço é uma profunda ligação emocional, diferente de simplesmente gostar de alguém.
Na verdade, você não tem que gostar da pessoa para se relacionar com ela, mas tem de conhecê-la e entender o que a motiva.
Isso leva tempo e vai além do simples trabalho diário.

3- Ser demasiado delegador

Não delegue tudo sem primeiro ter percebido que o seu colaborador, entendeu bem.

Delegar não é abandonar
Delegar é dar autonomia mas sempre a acompanhar.

Líderes precisam delegar tarefas.
No entanto, delegar não significa se distanciar emocionalmente.

Líderes que atribuem tarefas e se desligam completamente do projeto acabam abandonando sua equipe.
A boa atribuição de tarefa depende de acessibilidade e conexão contínua.

Você pode manter um tipo de ligação ao sinalizar que está disponível, o que não significa que atenderá imediatamente todas as solicitações.
Você deve criar canais de comunicação e explicar as pessoas como usá-los.

4- Ser muito amigável

Muito líderes querem ser visto como simpático e acessível para as pessoas em nossa equipe.
“Afinal, as pessoas são mais felizes no trabalho para um gerente ‘bacana, espetacular’.”

Mas, por vezes é preciso se tomar decisões difíceis em relação às pessoas em sua equipe.
E há pessoas que vão tentar tirar vantagem da sua amizade com eles.

Isso não significa que você não pode conviver com o seu pessoal.
Mas, você precisa obter o equilíbrio certo entre ser amigo e ser o chefe.

5- Falhar em definir metas

Team sem objetivos claros, fica confuso.

Deixam de ser produtivos, quando não sabem para o que é que estão a trabalhar ou qual o significado.
Por não priorizar a carga de trabalho de forma eficaz, os projetos e tarefas são concluídas na ordem errada.

Evite este erro, aprendendo a definir metas SMART para a sua equipe.
Metas são ALVOS, OBJECTIVOS a serem alcançados.
E para que isso seja uma realidade, é preciso muitas vezes MUDANÇA.

Líderes que não impulsionam a mudança colocam suas empresas em sério risco.
Sem mudança, as organizações, como todos os organismos vivos, perdem vigor e, por fim, morrem.
Explique os benefícios que as mudanças vão trazer.

Saiba que as pessoas não resistem à mudança naturalmente;
Elas resistem ao medo do desconhecido ou à dor que a transição pode trazer.

O seu papel como líder é ser uma base segura.
Aquele que transmite uma sensação de segurança, estímulo e energia.

6- Entender mal a motivação

Você sabe o que realmente motiva a sua equipe?
Não é só dinheiro!
As pessoas não trabalham apenas pela recompensa monetária.

A maioria das pessoas é movida por “motivadores intrínsecos”:
– Desafios
– Aprender algo novo
– Fazer uma diferença importante
– Desenvolver um talento.
– etc…

Muitos líderes não aproveitam esse sistema de orientação interna.

Pensam apenas nos “motivadores extrínsecos”:
– Aumento salarial
– Bônus
– Promoções
– Recompensas artificiais

Claro, você tem de pagar as pessoas de forma justa.
Mas, saiba que tais motivadores externos distorcem o sistema de motivação interna.

Você será um líder melhor quando:
– Inspirar as pessoas
– Passar a entender o que realmente desejam atingir em termos de crescimento e contribuição.

7- Recrutar ás pressas

Quando sua equipe tem uma grande carga de trabalho, é importante ter uma equipe completa.
Mas preencher uma vaga muito rapidamente pode ser um erro desastroso.

Recrutar às pressas pode levar a recrutar as pessoas erradas para a sua equipe:
Pessoas que são não-cooperativas, ineficientes ou improdutivas.

Elas também podem “exigir” treinamento adicional e abrandar os outros do seu Team.
Com a pessoa errada, você terá perdido tempo e recursos valiosos.
Os outros membros da equipe ficam chateados, stressados e frustrados por ter que “carregarem” a pessoa de baixo desempenho.

Aprenda a recrutar de forma eficaz e sendo exigente sobre as pessoas que você traz para o seu Team.

8- Não dar o exemplo

Tratar de assuntos particulares durante a hora de trabalho.
Fazer chamadas telefónicas para tudo e para todos.
Falar mal das outras pessoas, etc…

Como líder, você precisa ser um modelo para o seu Team.
Se eles precisarem de ficar até mais tarde, você também deve ficar até mais tarde para ajudá-los.

O mesmo vale para a sua atitude
Se você for negativo por algum tempo, você não pode esperar que o seu pessoal não seja negativo.

Lembre-se que o seu Team está observando-o o tempo todo.
Se você quer moldar o comportamento deles, comece com o seu próprio comportamento.
Eles vão seguir o seu exemplo.

9- Não delegar

Alguns gestores não delegam, porque sentem que ninguém sabe fazer as coisas para além deles.
Pode ser um grande esforço e difícil confiar em sua equipe para fazer o trabalho corretamente.
Mas, se não se delegar, nunca se irá conseguir CONCENTRAR numa “visão mais ampla”.

DELEGUE, Incentive os outros a assumirem riscos.

Por natureza, o cérebro humano age na defensiva e é avesso ao risco.
No entanto, com a prática, as pessoas podem adaptar sua mente para abraçar os riscos.

Muitos líderes incentivam seus Teams a permanecerem na área de conforto, “jogar para não perder”.
Mas os melhores líderes criam confiança suficiente para que os outros:
– Se sintam seguros
– Apoiados para assumirem riscos
– “Jogar para ganhar”

Muitos Lideres NÃO DELEGAM porque têm medo de CONFLITOS.

Administre os conflitos ineficazmente.
Conflitos não resolvidos, impedem a cooperação e alinhamento em torno de objetivos comuns.
A tensão, emoções negativas se acumulam.

Os conflitos tornam-se “bichos mortos debaixo da mesa”:
Mesmo com todos agindo como se o bicho não estivesse lá, o cheiro enche todo o ambiente.

Cabe ao líder expor o corpo e enterrá-lo da maneira correta, resolvendo o conflito.

Sua recompensa:
Um ambiente agradável e que pode desenvolver equipes melhores e mais fortes.

10- Entender mal o seu papel

Ser um líder ou gestor, é ter responsabilidades muito diferentes daquelas que tinha antes.
Agora já não é mais de fazer, mas de Gerir, Supervisionar, Liderar, estar no Controle.

Administrar atividades em vez de liderar as pessoas é um grande erro.
As pessoas odeiam quando são tratadas como peças de xadrez.
Mas, GESTÃO baseia-se no controle, administração e planeamento de atividades e, portanto, de pessoas.

Liderança, tem a ver com inspirar, incentivar e tirar o melhor das pessoas ao criar confiança.
Para ser um líder e não apenas um gerente, você precisa pensar nas pessoas como pessoas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

© Copyright © Kuriakos Negócios - Todos os direitos reservados - Proibida a cópia ...

Kuriakos Negócios 2018