O Líder na Gestão de Conflitos

O Líder na Gestão de Conflitos

Seja um bom Líder


O papel do líder e seu estilo de liderança

É fundamental para desenvolver e influenciar o Ambiente Organizacional.
– Contribui para a motivação da equipe
– Passa confiança para a empresa/organização
– E o sentimento de valorização do colaborador conquistado através de respeito e credibilidade.

UMA BOA LIDERANÇA GERA BONS RESULTADOS
UM AUMENTO na QUALIDADE dos PRODUTOS e/ou SERVIÇOS.
Porque há uma boa qualidade de relacionamento, comunicação e trabalho entre o team.

Uma BOA LIDERANÇA é necessária em TODOS os TIPOS DE ORGANIZAÇÃO
Uma boa liderança pode gerar satisfação num grupo de pessoas.
Uma má liderança pode gerar a separação dos mesmos.

LIDERANÇA está ligada a uma influência interpessoaL
A liderança modifica o comportamento das pessoas.

Liderança é

A capacidade de transformar um grupo de pessoas numa equipa gera resultados.
A capacidade de guiar, motivar e influenciar os liderados de forma que todos trabalhem com entusiasmo e com um objectivo comum.
A liderança trata da capacidade de saber “onde está” e para “onde vai” e “como quer ir

Consegue isso através de:
Uma equipe que usa as suas habilidades de forma dinâmica, entusiástica e inspiradora.


O Líder na Gestão de Conflitos

Fazer a gestão de conflitos e transformar um momento de tensão em oportunidade não são tarefas fáceis para os líderes.

Há áreas que o Líder / Gestor tem que dominar para conseguir:
– Sair de discussões
– Gerar uma mudança de atitude entre seus funcionários
– Melhorar o ambiente de trabalho

3 Areas fundamentais:

Inteligência emocional
Não se deixar envolver pessoalmente no caso e visualizar oportunidades no meio do caos

Comunicação
Saber ouvir com atenção e sendo capaz de ponderar os pontos de vista dos envolvidos 

Empatia
Colocar-se no lugar do outro e avaliando, dessa forma, a situação.

2 Passos essenciais na RESOLUÇÃO DE CONFLITOS

1- identificar o problema

O líder precisa fazer o papel de investigador e descobrir as origens do conflito.

2- COMUNICAR – conversar com os envolvidos e entender o que aconteceu

A situação foi gerada por uma diferença pessoal ou ética?
A personalidade de cada um deles teve impacto na busca pela solução
Como eles abordaram o problema?

E a partir dai trabalhar para que todos cheguem a um acordo comum.

Durante a conversa com as partes, o líder precisa ter:

Uma comunicação clara
Não deixando margens para dúvidas em relação a decisões e posicionamento sobre o conflito.

Uma escuta ativa
Interpretando os fatos de forma precisa, e mediando a conversa entre os envolvidos.

O conflito só será resolvido e superado quando
Uma solução que atenda ambas as partes for colocada em prática.

A ideia é, eliminar a tensão do ambiente e superar o impasse
Realizando mudanças significativas e duradouras no convívio e postura da equipe.

Dessa forma, o líder conseguirá transformar o momento de crise em oportunidade de desenvolvimento no relacionamento e trabalho do team. 

Grande parte do sucesso do líder está em manter o equilíbrio de sua equipe.
Isso trará maior produtividade e colaboração até mesmo nos momentos mais desafiadores.

Para isso, o líder precisa de:
– Conhecer bem os seus funcionários por meio do perfil comportamental
– Saber utilizar as técnicas do feedback
– Ser flexível e receptivo às questões profissionais e pessoais de cada um dos colaboradores

RESILIÊNCIA

A resiliência da liderança também é um ponto importante para o gestor não se deixar abalar com os conflitos que possam surgir no ambiente de trabalho.

Em situações de conflito, os líderes devem de perguntar:
“como é que eu estou a lidar com esta situação?”
“estou em um processo de fuga ou de superação?”
“quais são os passos que devo seguir para enfrentar essa dificuldade?”

O que significa RESILIÊNCIA

Resiliência é a capacidade que temos de alterar o nosso estado natural.
O termo é emprestado da física quântica e, em outras palavras, significa o índice de flexibilidade de cada pessoa diante dos desafios que enfrentamos no dia a dia.

EXEMPLOS

Esponja de lavar loiça
A ser apertada na sua mão.      – Quando a solta, ela volta ao estado original.

Lata de refrigerante
A ser apertada na sua mão.      – Ela nunca mais irá voltar ao estado original.

Assim também funciona a resiliência na vida das pessoas.

Todos nós temos uma personalidade, com algumas características mais fortes que outras.
Porém, há momentos que é preciso deixar a característica mais forte da personalidade para sobreviver nas relações pessoais e no ambiente de trabalho.

Se a pessoa não “verga por nada” porque ela é assim, e não muda.
Isso pode trazer graves problemas.

Normalmente, quanto mais forte for uma característica na personalidade, menos resiliente a pessoa é.

“Resiliência é a capacidade de ter conduta sã em meio ao caos”

Entre o estímulo e a resposta há um espaço.
E nesse espaço se localizam a liberdade e o poder de mudar nossas respostas.
É nessas escolhas se encontram nosso crescimento e nossa realização.

Como as pessoas lidam com suas adversidades?

1- A maioria se transforma em vítima, pois sob pressão, nós fazemos mais do mesmo.

2- Somente 10% das pessoas aprendem a “domar” o poder, a sabedoria e a energia presentes no momento difícil.
No difícil espaço entre o estímulo e a resposta.

CARACTERÍSTICAS das PESSOAS RESILIENTES:

– Um forte sentido de autoestima
– Independência de pensamento e ação
– Capacidade de suportar pressão psicológica mantendo o foco em resultados
– Alto grau de disciplina pessoal
– Mente aberta e receptiva às novas ideias
– Criatividade
– Concentração
– Habilidade de dar e receber nas relações com os outros
– Reconhecimento e desenvolvimento dos seus próprios talentos
– Apurado senso de humor
– Percepção de seus próprios sentimentos e dos sentimentos dos outros e capacidade de comunicar esses sentimentos adequadamente
– Uma perspectiva de vida evolutiva

CONCLUSÃO

É preciso focar nas causas do problema e não nos seus sintomas
Para que essas questões não voltem a atrapalhar o desenvolvimento das atividades.

É preciso compromisso dos envolvidos em conflitos no trabalho
Em melhorar o relacionamento, o diálogo

É preciso estar ATENTO para que situações como essa não voltem a acontecer
Para se manter o equilíbrio no âmbito profissional.

É preciso estar FOCADO nas SOLUÇÕES e não nas EMOÇÕES
É papel do líder fazer com que isso aconteça em todo o team e que seja aprimorado ao longo dos anos.

© Copyright © Kuriakos Negócios - Todos os direitos reservados - Proibida a cópia ...

Kuriakos Negócios 2018