ESTRATÉGIAS PARA MOTIVAR O PUBLICO

Há técnicas para Motivar e Persuadir o nosso publico que PODEM e DEVEM de ser usadas.
Se as pessoas estão lá, é porque estão interessadas no assunto.
Mas, há muitos fatores de destabilização que podem desviar a atenção das pessoas.

EXEMPLO
Está a falar com alguém ao telefone e de repente dá consigo a pensar em muitas coisas.

QUESTÕES A TER EM ATENÇÃO:

1- O Pensamento é muito Veloz
O pensamento processa-se a uma velocidade 4X superior à velocidade das palavras transmitida oralmente.
Quando o que se está a ouvir, não prende a atenção, deixamos de ouvir e refugiamo-nos nos pensamentos.

2- Possuímos Uma Audição Seletiva
Prestamos mais atenção ao que nos diz respeito, com os nossos interesses, gostos, valores, etc.

3- Ruídos e Interferências Externas
Ruídos e interferências externas que podem ser um factor destabilizador da nossa atenção.
Cadeira ranger, demasiado calor na sala, uma pessoa que tosse, pode ser o suficiente para nos distrair.
Se a pessoa não estiver verdadeiramente motivados para a escuta
Ela vai se distrair muito facilmente.
Mas se a pessoa estiver atenta e concentrada na mensagem
Ruídos ou interferências externas não surtem grande efeito.

ORGANIZAÇÃO DA INFORMAÇÃO

Toda a comunicação deve de ter uma estrutura lógica e perceptível
Para que possa facilmente ser acompanhada por aqueles que nos escutam.
Nada pior do que uma apresentação que começa com “Boa tarde, venho falar de …”
Fala o primeiro ponto, salta para os seguintes sem ninguém perceber.
Volta a trás com receio que alguém não tenha percebido algo.
E termina sem ninguém estar esperar, dizendo “E pronto, acabei.”
Pior do que isto, só um ataque de gaguez súbita…

O discurso deve estruturar-se em três partes:
1- INTRODUÇÃO: Diga o que lhes vai dizer
2- DESENVOLVIMENTO: Diga
3- CONCLUSÃO: Diga o que lhes disse

1) POR ONDE COMEÇAR?

Preparar uma comunicação acerca de um assunto que dominamos e que gostamos de partilhar com os outros, é sempre um momento de grande emoção.
Afinal de contas, há tanto para dizer sobre aquele assunto.

Por onde começar?
Por onde é que devemos começar a preparação da nossa comunicação?
Qual deverá ser a primeira coisa a fazer?
E a segunda?
Qual a melhor sequência de passos a seguir?

2) ESCOLHER O TEMA E DEPOIS PENSAR NO ASSUNTO

Pensar, imaginar o que pretendemos, avaliar a expectativa do nosso publico.
Delinear a ação na nossa cabeça antes de passar para o papel.
Esta é a parte que demora mais tempo.

3) Quanto tempo devemos gastar nesta fase?

Dependerá de vários fatores:
Tempo que falta para a apresentação
Duração da comunicação
Nivel de conhecimento que temos sobre o assunto
Quantidade de informação que temos disponível
Grau de experiência que se tem em fazer apresentações públicas

É PRECISO ADAPTAR A MENSAGEM AOS OUVINTES
Para os ouvintes, o importante não é o que nós pensamos ser o mais interessante e importante.
Mas, aquilo que eles desejam e querem saber sobre o nosso tema.
Afinal de contas, a comunicação destina-se a satisfazer nosso público e não apenas a nós próprios.
São eles que vão determinar se fomos ou não bem sucedidos.

Que importa termos um enorme conhecimento acerca de um assunto, mas ninguém entende?
Ter uma comunicação recheada de termos técnicos e científicos, mas que ninguém entende?
Que somos muito eruditos e conhecedores?

Se não soubermos planear a nossa comunicação de acordo com o publico, isso pode resultar num fracasso.

4) DESENVOLVER A AUTOCONFIANÇA

A primeira coisa a fazer é:
Fazer o levantamento das dificuldades e reconhecer a origem do problema.
“Se não soubermos para onde vamos, como vamos saber se lá chegámos?

Quais são as razões para que não seja capaz de falar em público?

A nível de voz
– Tem problemas fortes de gaguez?
– Voz inaudível ou outro tipo de problema vocal, impossível de ser torneado?

A nível de linguagem
– Não domina bem o português
– Tem graves dificuldades com a construção de frases
– Conjuga mal os verbos?

Ou seja
Existe algum obstáculo impossível de ultrapassar que o impeça fisicamente de falar em público?

Não?
Então quer dizer que o seu medo de falar em público não é um medo real, mas um medo presumível.
Provavelmente é um problema relacionado com a sua autoconfiança.

COMO RESOLVER ESTE PROBLEMA?
Desenvolver a autoconfiança e a coragem (o que requer muito treino e prática)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

© Copyright © Kuriakos Negócios - Todos os direitos reservados - Proibida a cópia ...

Kuriakos Negócios 2018