Características de um bom team

Seja um bom Líder

CARACTERÍSTICAS DE UM BOM TEAM

1- CAPACITAÇÃO TÉCNICA

Saber o que precisa de ser feito e saber avaliar a qualidade do que se fez.
Se o team não tem essa característica, as outras serão inúteis.

É fundamental conhecer o perfil técnico dos seus colaboradores:
– Conhecem tecnicamente o assunto  =  Mantenha-os atualizados
– Não têm esse conhecimento, mas têm potencial para obtê-lo  =  Treine-os
– Não conhecem e não conseguem aprender  =  Substitua-os, mesmo que sejam pessoas agradáveis e com boa vontade.

Lembre-se que:
“O Team só existe porque existe um produto, serviço ou plano para ser executado. Se falta a capacitação para isso, falta tudo.”

2- ATITUDE e POSTURA CORRETA

Capacitação técnica pode ser o motor do seu departamento, mas a postura é o combustível.
De nada adianta ter o melhor motor do mundo, se faltar o combustível… o departamento não anda!

A Atitude é mais difícil de ser “treinado” que a Capacitação Técnica.

O máximo que se pode fazer é tentar sensibilizar a pessoa para que ela queira mudar sua atitude.
A atitude só muda se o próprio indivíduo quiser.

Então não basta ter o potencial, mas também a Atitude e Postura Correta.

É mais fácil conviver e obter resultados com colaboradores que têm pouco conhecimento técnico mas têm a atitude correta do que de um colaborador que sabe muito mas não tem atitude.

base do crescimento é o aprendizado;
Só aprende quem é humilde e só é humilde quem tem postura adequada.

3- QUERER FAZER

Não basta ter uma equipe capacitada e com postura adequada ainda não é tudo.
Falta O QUERER!

“A motivação é o que impulsiona o ser humano a querer fazer o que sabe e o que pode.”

Exemplo
A mesma pessoa, com as mesmas capacidades técnicas e postura, mas num determinado momento da sua vida, não fazem mais porque falta o QUERER.

A motivação se manifesta no trabalho através da:
            – Capacidade de concentração,

            – Disponibilidade para o trabalho,
            – Vontade de resolver problemas,
            – Cooperação e do desejo de manter bons relacionamentos.

A equipe só pode ser considerada boa quando junta esses três elementos.

O PROCESSO

1º MOTIVAÇÃO é INDIVIDUAL

Pessoas diferentes se motivam por razões diferentes.
Cada pessoa é distinta e interpreta os objetivos dentro de seus valores, necessidades e interesses.

2º MOTIVAÇÃO ESTÁ SEMPRE LIGADA AO FUTURO

Todos nós estamos constantemente investindo no futuro.
Fazendo muitas vezes sacrifícios, privações no tempo e dinheiro, porque se quer um futuro melhor.

“As pessoas são motivadas no seu trabalho, quando vêm que o bom desempenho no trabalho, irá viabilizar os seus sonhos, objetivos de vida.”

Se o projeto de vida é:
– Ficar rico, a pessoa quer uma empresa que pague bem;

– Ter status, a pessoa procura uma empresa que dê muitas oportunidades de crescimento,
– Etc…

Líderes eficazes entendem isto e procuram motivar os seus liderados, satisfazendo as necessidades.

As políticas de recursos humanos, o ambiente de trabalho, a prática de um salário justo e benefícios interessantes têm um papel importante na escolha da organização em que queremos trabalhar.

Todavia, esses pontos, com o tempo, são absorvidos pelas pessoas, que passam a encarar aquilo como uma coisa natural e não como uma fonte de motivação constante.

É o tipo de coisa que só se nota quando é ruim!

FUNCIONA como um fator de desmotivação se não atende as necessidades,
NÃO FUNCIONA como um fator de motivação quando é compatível com as carências dos funcionários.

MOTIVAÇÃO, uma grande função do líder.
Será através do relacionamento com os liderados, que o líder irá conseguir CONHECER as suas diferentes maneiras de ser, valores e ambições, e assim os conseguirá MOTIVAR.

SATISFAÇÃO vs INSATISFAÇÃO

ou DEMOTIVAÇÃO VS MOTIVAÇÃO

O QUE NÃO FAZER

Falar o que as pessoas querem ouvir, para ser simpático.
Para resolver ou adiar um problema, dando um conforto de curto prazo para o seu colaborador.

Parece que o importante é terminar rapidamente o diálogo com o funcionário e, se possível, com sorrisos e apertos de mãos ao final.

“O hoje fica resolvido e, no amanhã, logo se vê.”

Falar o que o colaborador quer ouvir normalmente se transforma em:
– Elogios falsos,

– Promessas impossíveis de serem cumpridas,
– Aceitação de reclamações improcedentes,
– Posicionamentos controversos, tudo para que o final daquela conversa seja tranquilo.

O líder não conseguirá enrolar todo mundo, o tempo todo.
Rapidamente os efeitos negativos, que desmotivam, serão muito maiores do que os positivos que motivam.

O QUE FAZER

APRESENTAR A VISÃO DO PROJETO DE FORMA CLARA
As pessoas pretendem alinhar os seus projetos de vida, com o seu trabalho.
Assim o liderado, passa a ser ele a tomar as suas decisões pessoais e profissionais em relação ao futuro.
Assim, permite que cada um seja dono do seu nariz.

A função do líder no processo de motivação é posicionar.

É fundamental que ambos estejam com todas as informações na mão para que as decisões que forem tomadas por eles sejam as melhores possíveis.

Vão existir aspectos muito positivos que causarão alegria, boa disposição, deixarão as pessoas serenas;

Porém, também existirão os momentos preocupantes que causarão tensão, apreensão e medo.

Todos devem estar à mão, da forma mais transparente possível, para poderem tomar as suas decisões.

Eu posso tomar uma decisão difícil com efeitos negativos, mas se tomei esta decisão baseado em fatos reais não haverá arrependimento, pois fiz o melhor que pude com a situação que tinha em mãos.

O que gera arrependimento ou raiva é ter tomado a decisão errada por não ter todas as informações para poder avaliar o ambiente, assumir os riscos e tomar a melhor decisão possível.

“CONFIANÇA é a base de um relacionamento para se ter um ambiente motivador.”

A confiança entre líder e colaborador aparece dentro do processo de comunicação entre ambos.

Tal comunicação se dá de diversas formas:
– Instrução para uma tarefa,

– Uma conversa informal durante a refeição,
– Avaliações de trabalhos,
– Reuniões para discutir problemas,
– Análise de alguma sugestão de melhoria,
– etc…

Em resumo:
O líder e seu colaborador estão a comunicar a todo o tempo, dia, semana, meses e por anos a fio…

ALICERCES

Para o líder criar confiança entre seus colaboradores, ele deve estar sempre atento para que três fatores nunca estejam ausentes, pois eles serão o alicerce de todo este processo – respeito, diálogo e verdade.

1- RESPEITO

A confiança só existe entre pessoas que se sentem iguais como seres humanos.
Ainda que eles exista níveis hierárquicos diferentes, existe formalmente uma subordinação de um ao outro.

Muitos líderes fazem questão de tratar os seus colaboradores como diferentes e, não raro, como menores.
Ora, em tal ambiente, no qual prevalece uma relação de submissão, é muito pouco provável que haja o respeito, pois em seu lugar haverá o medo, a inibição e o preconceito.

O líder tem de estar disponível para os seus colaboradores, deve mostrar claramente que a diferença hierárquica corresponde apenas a diferenças de funções e não a um distanciamento entre os seres humanos que convivem no dia a dia.

É preciso deixar a porta aberta para que o colaborador possa se sentir à vontade a ponto de querer dialogar e expor suas ideias, seus anseios e tudo o mais.

2- DIÁLOGO

Para haver motivação, precisa haver confiança.
Para haver confiança, precisa haver comunicação.
Para haver comunicação, as pessoas precisam falar e ouvir.

A ausência da capacidade de ouvir é um dos grandes problemas que se observa nas empresas e surge como um grande obstáculo do processo de comunicação entre o líder e seus colaboradores.

A regra para haver diálogo é:
– Prestar atenção no que é dito,

– Verificar se houve uma compreensão exata do que foi dito,
– Responder aos questionamentos,
– Verificar se a compreensão foi correta,
– Verificar se tudo o que foi perguntado teve resposta.

Fator de Frustração
Esquecimento de retornar/responder/cumprir com o prometido da parte do líder, é dos maiores fatores de frustração entre os colaboradores.

“Raramente o colaborador agradece a resposta, mas fica absolutamente frustrado com a falta de resposta.”

Bloco de notas
Todos os líderes devem ter um bloco de anotações para registarem todos os itens que ficaram pendentes.

Assim o diálogo será sempre estabelecido.

3- VERDADE

O líder precisa de fugir da tentação da mentira conveniente e assumir por completo a verdade.

“A mentira traz uma reação de satisfação a curto prazo, mas destrói a confiança, trazendo frustração.”

Quando se fala a verdade, as pessoas podem ficar irritadas, tristes ou desmotivadas num primeiro momento se o que for dito não era exatamente o que elas queriam ouvir, porém perceberão que elas ganharam no sentido de que poderão tomar as suas decisões pessoais da melhor forma.

Essa percepção não é fácil e muitas vezes nos frustra, mas no fundo cria-se confiança de que, quando a informação que vier for boa, ela será realmente boa.
E isso tem valor!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

© Copyright © Kuriakos Negócios - Todos os direitos reservados - Proibida a cópia ...

Kuriakos Negócios 2018